segunda-feira, 29 de outubro de 2012

America - A Horse With No Name

video
America é uma banda britânica de folk rock muito popular no início e meio dos anos 1970 e agora mais conhecida por seus sucessos como A Horse with No Name e Sister Golden Hair. Embora eles não fossem muito aceitos pelos críticos, a banda teve excepcional sucesso comercial na venda de seus dois singles e álbuns. Apesar de cantores consagrados como James Taylor e Rod Stewart fazerem parte da Warner Brothers Records o grupo que mais vendeu discos neste selo na década de 70 foi America.

Letra

Um Cavalo Sem Nome (A Horse With No Name)


Na primeira parte da jornada

Eu estava olhando para toda a vida

Havia plantas, pássaros, pedras e outras coisas

Havia areia, montanhas e anéis

A primeira coisa que eu encontrei foi uma mosca voando

E o céu sem nuvens

O calor estava quente e o chão estava seco

Mas o ar estava cheio de som

Eu atravessei o deserto num cavalo sem nome

Foi bom sair da chuva

No deserto você pode se lembrar do seu nome

Porque lá não há ninguém para te aborrecer

La, la, la, la, la, la, la, la, la

Depois de dois dias sob o sol do deserto

Minha pele começou a ficar vermelha

Depois de três dias na alegria do deserto

Eu estava olhando para um leito de rio

E a história que ele contou sobre um rio que corria

Deixou-me triste em pensar que ele estava morto

Veja, eu atravessei o deserto num cavalo sem nome

Foi bom sair da chuva

No deserto você pode se lembrar do seu nome

Porque lá não há ninguém para te aborrecer

La, la, la, la, la, la, la, la, la

Depois de nove dias eu libertei o cavalo

Porque o deserto tinha virado mar

Havia plantas, pássaros, pedras e coisas

Havia areia, montanhas e anéis

O oceano é um deserto com a vida submersa

E um disfarce perfeito por cima

Sob as cidades há um coração feito de chão

Mas os humanos não darão nenhum amor

Veja, eu atravessei o deserto num cavalo sem nome

Foi bom sair da chuva

No deserto você pode se lembrar do seu nome

Porque lá não há ninguém para te aborrecer

La, la, la, la, la, la, la, la, la

Nenhum comentário:

Postar um comentário